sexta-feira, 10 de junho de 2011

Amsterdam e suas polêmicas

Cidade incrível! Vai muito além dos belos canais e dos campos de tulipas que florescem na primavera. É um exemplo de sociedade democrática e tolerante! E se você não é democrático, muito menos tolerante, talvez Amsterdam não seja o destino certo para você! É verdade, lá o uso de drogas é liberado e sim, a prostituição também. O povo lá é muito bacana, eles riem pra você nas ruas, te cumprimentam! Tem cara de gente feliz e bem resolvida! Amsterdam é o tipo de lugar que quem vai uma vez vai querer voltar sempre, super tranquila de andar e com muitas opções de diversão para o dia e a noite. Bem, vamos começar explicando o que é mais polêmico: Coffee Shops e Red Light District. 

Coffee Shops - São os lugares onde se pode comprar e consumir maconha e haxixe, quem curte o barato pode comprar até 5 gramas por dia e consumir livremente no local, ou nas ruas. Confesso que foi meio esquisito quando vi pela primeira vez... Os policiais passando e o povo fumando seu baseado numa boa... rsrs Mas, não confunda liberdade com libertinagem! E atenção! Nos coffee shops não é permitida a venda e o consumo de bebidas alcóolicas e de cigarros normais! Esses estabelecimentos são legalizados, têm registro na junta comercial local e pagam seus impostos como qualquer outro comércio. Existem inclusive lojas de venda de sementes para quem quiser cultivar sua plantinha em casa para próprio consumo, é claro.

O Bulldog é o Mc Donald`s dos Coffee Shops

Red Light District - esse é o bairro onde ficam as mocinhas nas vitrines, funciona 24 h por dia e é o maior barato! Ao contrário do que muitos pensam é super tranquilo, seguro e você pode andar a vontade, sem medo. Muito mais tranquilo do que andar na Lapa, aqui no Rio, por exemplo. A prostituição em Amsterdam é legalizada, assim como o uso de drogas. As meninas tem registro profissional, isto é, recolhem seus impostos e tem direitos legais como qualquer trabalhador, inclusive acesso a saúde e educação. Muito bacana, né? Agora, cuidado! Lá não pode fotografar, tente ser discreto! Outra coisa, se está afim de experimentar os serviços prepare o bolso! As mais ou menos cobram 200 euros, e aquelas lindas bonecas provenientes do leste europeu custam 500 euros!!! Chegar lá é bem fácil, pare em frente a Centraal Station e vire a esquerda. Olha aí embaixo o detalhe da inscrição do prédio de entrada...

Essa é a entrada para o Red Light! "Jesus loves you" Lembre-se disso!!! rsrs

Cuidado com os cliques! Enjoy!!!

Outra observação importante, na região do Red Light principalmente, os sex shops existem aos borbotões, não se assuste com a mercadoria exposta nas vitrines, também é um comércio como outro qualquer. Num outro post falo sobre a programação não polêmica, ok?

Um comentário:

  1. Com certeza Amsterdam fará parte do meu roteiro pela Europa...

    ResponderExcluir